história

equipe foto: Priscilla Melo

O vento não pode ser visto, mas está em todos os lugares, mudando tudo de lugar, alterando paisagens, revolucionando. É assim que vemos nossos cotidianos e das demais mulheres negras, de precisam diariamente “revolucionar” suas vidas, criando novas possibilidades, como o vento. O Coletivo Filhas do Vento se constitui a partir da construção de uma abordagem do ponto de vista de mulheres negras para mulheres negras. Assumimos de pronto que nossos valores, ideias e posicionamentos são fruto de nossas experiências a partir deste lugar socialmente construído e individualmente experimentado. Esta afirmação destaca a riqueza de olhares do qual somos fruto, uma vez que, os temas comuns às nossas práticas e vivências podem ser expressos de modos distintos levando em consideração as especificidades da trajetória e do ponto de vista de cada uma. Neste coletivo a diversidade é celebrada enquanto elemento agregador de sentido e relevância e orienta nossas práticas em todos os campos sociais.

missão

equipe foto: Priscilla Melo

Temos como objetivo principal da nossa organização a promoção do empoderamento da população negra, com recorte de gênero, através de formações, baseadas na educação popular e espaços educativos não-formais, ações culturais e acadêmicas. “Nem mulatas, nem morenas, somos negras que, como miçangas em um maravilhoso colar, carregamos em diversos tons a nossa ancestralidade, unidas por um único fio, a crença em um mundo onde não existam opressões baseadas nas diferenças de gênero, étnico-raciais ou de classe social”.

equipe

"Nem mulatas, nem morenas, somo negras que, como miçangas de uma maravilhoso colar, carregamos em diversos tons a nossa ancestralidade, unidas por um único fio, a crença em um mundo onde não existam opressões baseadas nas diferenças de gênero, étnico-raciais ou de classe social."